Calandragem

 

Calandragem é um processo de caldeiraria utilizado para transformar chapas planas em cilindros ou cones utilizando uma máquina chamada calandra.

Essa máquina é formada por um número de rolos giratórios, sendo pelo menos um deles com altura regulável, montados numa estrutura metálica. A configuração mais comum desses rolos é um trio, sendo dois rolos posicionados fixos lado a lado, com uma pequena distância entre eles, e um terceiro localizado entre estes dois, com altura variável, dando ao conjunto uma formação triangular.

O processo de calandragem ocorre da seguinte forma:

  • Primeiro a chapa é traçada e cortada, fazendo a planificação do cilindro ou cone que se deseja produzir.
  • A chapa, depois de cortada sobre medida, é colocada entre os rolos, acima dos dois rolos fixos e abaixo do rolo móvel.
  • Em seguida, o rolo móvel é abaixado até pressionar a chapa enquanto um dos rolos de posição fixa é girado. Isso faz com que a chapa assuma uma leve curvatura enquanto é passada pelos rolos, devido ao movimento de rotação de um deles.
  • Conforme a chapa fica mais cilíndrica, o rolo móvel é abaixado mais e a cada vez que a chapa é passada pela calandra ela se torna mais cilíndrica, até que se atinja a curvatura desejada.

 

Tipos de calandras

As calandras podem ser manuais ou motorizadas:

Nas calandras manuais, o rolo móvel é conectado a uma rosca e conforme essa rosca é girada, o rolo é movido para cima ou para baixo. Analogamente, o rolo giratório que traciona a chapa pela máquina é conectado a uma série de engrenagens, com a finalidade de aumentar o torque e diminuir a força necessária para tracionar a chapa. Essas engrenagens ficam ligadas a uma manivela.

Já as calandras motorizadas têm os procedimentos de subida e descida do rolo móvel e rotação do rolo motor executados por motores e controlados eletronicamente. Isso lhe confere mais precisão, além da capacidade de calandrar chapas maiores e mais grossas.

Normalmente as calandras motorizadas possuem o rolo móvel removível, para que se possa calandrar completamente uma peça, retirar o rolo móvel e retirar a peça pronta da máquina. Ao contrario, as calandras manuais possuem todos os rolos fixos, configurando a necessidade de retirar a peça calandrada sem que esta esteja totalmente cilíndrica, pois se as pontas da chapa se encontrarem e o cilindro for fechado, o rolo móvel fica preso dentro deste cilindro, tornando impossível remover a peça da maquina sem danificar uma, outra ou ambas.

Fale Conosco